Fique por dentro

Risco de desidratação no inverno é maior.

Nos dias quentes, sempre nos preocupamos em tomar bastante água e outros líquidos saudáveis para nos mantermos bem hidratados. Porém, esquecemos que no inverno devemos ter a mesma preocupação com a quantidade de água em nosso corpo. Sentimos menos sede em dias frios, e isso pode aumentar os riscos de desidratação – mesmo suando menos – em comparação com o verão.
 
Porém, é preciso dar atenção igual para a hidratação tanto no inverno quanto no verão, e a ingestão de água pode chegar a até 8 litros diários para quem exige muito de seu condicionamento físico. Importante observar alguns sinais do corpo, pois quando desidratados, sentimos dor de cabeça, boca seca, sonolência, e ainda mostramos irritabilidade, problemas na pele, intestino preguiçoso, febre e ausência de suor em casos mais graves. Além disso, observar a cor da urina também ajuda a diagnosticar a desidratação: quanto mais transparente ela for, mais hidratado você está.